quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Artesã? Sim, senhor!

E de repente minha vida ficou de ponta cabeça, meus planos mudaram e minhas prioridades mais ainda, eu me vi sem chão por um instante, mas sou teimosa e sonhadora,
Minha Bel chegou há quase nove nesse mundo e somando o tempo em que éramos a mesma pessoa já passa de um ano e meio...
Eu há três anos decidi investir na minha carreira de professora, sim com quase trinta anos e três filhos voltei para a faculdade, consegui emprego e estava bem feliz da vida com minha vida programada.
Fiquei grávida e ainda não conclui a faculdade, por escolha resolvi que iria fazer algo em casa, ao longos dos meus anos de maternidade já fiz muitas coisas, porém nada muito planejado e eu criava desculpas para não seguir em frente, dentre as coisas que fiz, a que de longe me rendeu mais foi salgado para fora, (logo gravarei um vídeo ensinando, muito útil para a aniversário) porém obtive sucesso também com sabonetes e bijuterias.
Eu tento equilibrar a maternidade com a vida profissional e confesso que é muito difícil, não impossível mas exige uma incrível força de vontade. Admiro muito as mães que escolhem trabalhar fora, porque é muito pesado.
No final da gestação da Bel, eu comecei trabalhar com feltro e tecido. Sempre gostei de artesanato e me empolguei com os feltros por ser fácil de trabalhar e não ser muito caro, fiz muitas peças para uso, para doar e comecei vendendo principalmente para minha mãe. Bel nasceu e eu fiquei no dilema de inscrevê-la ou não em uma creche, voltar ou não para a faculdade, trabalhar fora ou não. Decidi que iria tentar, lá no fundo do meu coração eu sabia que era isso que eu queria, mas que assim como a mãe que trabalha fora seria uma atividade puxada, "quase sobre humana", mas estava decidido pelo menos para mim, que não ficaria longe da Bel nesse primeiro ano, conversei com o marido e entendo como é puxado e preocupante para ele cuidar das despesas sozinho. Eu comecei a ler sobre como prosperar os negócios, confesso que ainda não coloquei a metade das ideias em prática pois tenho medo de não dar conta.
Criei duas fanpages no facebook, um blog e um canal no youtube ( eu e essa minha mania de tentar abraçar o mundo) sobre artesanato, Posso dizer que desde maio eu tenho tirado de lucro o que eu acho que já é um bom começo.Fiz de tudo um pouco, babadores, sapatinhos, capas de caderneta de vacina, case de celular, bonecos, enfeites, lembrancinhas e chaveiros.
Fiz duas apostilas, porque gosto mesmo é de ensinar, pretendo fazer mais muitas com valores acessíveis, porque é caro viu, embora tenha muita coisa free  na internet não são todas as pessoas que conseguem fazer só de olhar e quem tá começando não tem muita grana, porém essas caras vale a pena como investimento quando já está lucrando.

Bem, passei aqui para contar dessa nova fase da minha vida, o blog fez quatro anos agora em julho e tava abandonado, mas eu amo muito esse cantinho e não posso me desfazer dele.
Além do artesanato, tenho ajudado muitas mães em particular e pretendo continuar ajudando, até criei um grupo no facebook, o Mãe da Hora responde. (Entrem lá)

Além das apostilas e aulas quero me especializar em brinquedos pedagógicos, sinto muita falta de coisas simples para brincadeiras, então logo provavelmente colocarei uma lojinha dessas artes legais por aqui, vou deixar os links para quem quiser seguir minha parte artística.



Fanpage com dicas: Descomplicando o Artesanato
Fanpage com meus trabalhos: Artelier da Cynthia
Blog com dicas, passo a passo e moldes: Cynthia Descomplica
Canal no youtube com aulas e dicas: Cynthia Descomplica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e pergunte, nós adoramos sua participação.